Politici e elezioni, Voto libero e di partecipare attivamente alla democrazia, Voto per il cambiamento, On line referendum
Manuela Ferreira Leite

Paulo Rangel faz defesa de Manuela Ferreira Leite e ataca “futilidade política”

Manuela Ferreira Leite 13%

A campanha europeia do PSD abrigou-se do inclemente sol Alentejano em Portalegre, com temperaturas acima dos 35º, para uma espécie de piquenique político. Num restaurante da serra de São Mamede, juntaram-se umas dezenas de militantes e apoiantes do partido para ouvir Paulo Rangel que saiu em defesa de Manuela Ferreira Leite. Que acusou o líder do PS, José Sócrates, e o cabeça-de-lista, Vital Moreira, de se dedicarem à “futilidade política”. O candidato europeu, que hoje trocou o fato e gravata por uma indumentária mais casual – calça bege e camisa aos quadrados – juntou os agricultores à sua lista de “humilhados e ofendidos” pela “arrogância” e “autoritarismo”. Depois dos professores, dos polícias, dos juízes, agora são os agricultores. E “puxou” pela presidente do partido, Manuela Ferreira Leite, eleita há um ano, por ter tido “a razão” ao defender medidas sociais para enfrentar a crise e a denúncia dos “investimentos públicos faraónicos”. Paulo Rangel acusou o Governo socialista de anunciar quatro vezes as mesmas verbas do PRODER – cerca de mil milhões de euros – para a agricultura. A diferença era o prazo da sua aplicação, que foi sendo sucessivamente adiada e agora é “final de 2009, já depois das eleições”. A acusação, aplaudida pelos apoiantes, foi directa ao ministro da Agricultura, Jaime Silva, e ao Governo que, disse o candidato, “destruiu em quatro anos e meio o que restava da agricultura portuguesa”. Num discurso em que, mais uma vez, criticou o PS por querer um imposto europeu, Paulo Rangel fez a defesa da liderança de Manuela Ferreira Leite, “a primeira a dizer” que eram precisas medidas de apoio social por causa da crise. E a primeira a criticar as “obras públicas faraónicas” que o executivo de José Sócrates quer lançar. Antes de passar por Portalegre, Paulo Rangel fez uma visita rápida ao mercado de Nisa, onde comprou um queijo, ouviu queixas dos comerciantes por causa da concorrência dos supermercados, ali mesmo ao lado. E foi lá que o candidato disse que iria “cumprir um dever cívico”: entregar um saco de compras ao Banco Alimentar contra a Fome. Um “dever cívico” feito duas vezes: a segunda foi para ser filmado pelas televisões. Hoje, no dia alentejano de campanha, Paulo Rangel teve a companhia de dois vice-presidentes do partido, António Borges e Sofia Galvão.. /p>

 

31.05.2009 - 17h03

source: PUBLICO.PT

03.06.2009


Elviss -
Bandiera cheno spam

ElectionsMeter non è responsabile per il contenuto del testo. Semper Si prega di fare riferimento all'autore. Ogni testo pubblicato sul ElectionsMeter dovrebbe includere nome originale dell'autore e il riferimento alla fonte originale. Gli utenti sono obbligati a seguire avviso di violazione del diritto d'autore. Si prega di leggere attentamente la politica del sito.

Torna al sondaggio: > Portugal > Politici > Manuela Ferreira Leite
 
load menu